Destaque do Mês – Setembro

LENDAS DE TIMOR
e outras histórias em Baucau
de MARIA CRISTIANA CASIMIRO

CapaWEB

«LENDAS DE TIMOR e outras histórias de Baucau» de Maria Cristiana Casimiro, é um livro da responsabilidade do Instituto Português do Oriente (IPOR), com o apoio da Associação de Amizade Macau-Timor e da Fundação Oriente.

                                                                                          “Timor, tuas pedras e tuas grutas
Serviram-me de escudo, na resistência
Alimentaste-me com legumes e frutas
Na luta pela Independência”
(…)
«As Tuas Grutas Serviram-me de Escudo»
de Luís Guterres

As histórias, lendas, poesias e notícias aqui reunidas,são fruto de três anos de trabalho de afecto de Maria Cristina Casimiro, em Timor – Leste e, reflectem a cultura e a alma do povo timorense.
Um livro que nos enche e preenche – angústias e frustaçaões, alegrias e tristezas, encontros e desencontros, orgulho e humilhação -, tudo em páginas soltas de um saber oral, iluminado por uma escrita pura e transparente.
Um trabalho difícil, de motivação e compreensão – “A adesão a este projecto não foi fácil” -, escreve a autora na introdução e acrescenta, “porque alguns ainda temiam escrever com erros e se envergonhavam perante as dificuldades da escrita”. Um trabalho que traduz “uma aventura admirável de solidariedade(…) e de paixão pela Língua Portuguesa”

Maria  Cristina Casimiro, docente de Português no Centro de Língua Portuguesa do IPOR, nasceu em Nampula, Moçambique.
Alfabetizar, rádio, jornalismo e ensino, foram etapas antes de concluir os estudos na Faculdade de Educação, da Universidade Eduardo Mondlane.
O passo seguinte é a Europa. Lecciona português durante quatro anos em Stassfurt, Magdebourg, na ex- RDA.
Portugal. No Porto concluíu o Curso de Secretariado no Instituto de Formação e Investigação e, em Braga, na Universidade do Minho tira a licenciatura em Português e Alemão.
Professora e formadora de professores de língua portuguesa, no Oe-Cusse e em Baucau, Timor – onde nasce o projecto «LENDAS de TIMOR e outras histórias de Baucau» -, antes de rumar à Universidade Malaya, Kuala Lumpur, Malásia, onde durante oito anos foi Leitora de Português.